Envita
Informação profissional para a agricultura portuguesa

Produtores de leite admitem sair à rua contra burocracia dos Ecoregimes

22/02/2024

A APROLEP - Associação dos Produtores de Leite de Portugal manifestou em comunicado a surpresa e indignação em nome dos produtores de leite face ao Ofício Circular N.º 13259/24-E, que receberam da DGAV – Direção Geral de Alimentação e Veterinária.

Imagen

Numa comunicação de cinco páginas, enviado pela DGAV, sob o título 'Controlo no âmbito do Ecoregime de Bem Estar Animal- Documentação comprovativa do cumprimento dos compromissos', são exigidos aos agricultores, no prazo de 15 dias úteis, um extenso conjunto de documentos, uma lista que era desconhecida até agora.

"Este ecoregime é relativo ao ano de 2023 e devia ter sido pago no ano de 2023.Trata-se de ajuda entre 20 a 25 euros por “cabeça normal”, valor que serve para alimentar uma vaca leiteira durante três dias. Os agricultores que se candidataram estão já a cumprir um extenso conjunto de exigências e fizeram investimentos para terem as suas empresas agrícolas certificadas em “bem-estar animal”. Esta certificação já foi uma despesa, assumida pelas empresas de lacticínios, cooperativas ou pelos próprios agricultores. Responder a estas exigências implicará mais despesas e pouco fica para o agricultor", admite a APROLEP.

O setor da produção de leite é um dos setores da agricultura que terá maior redução das ajudas do pagamento único na PAC atualmente em vigor e este e outros ecoregimes foram apresentados aos agricultores como forma de mitigar essa redução, uma vez que a Europa já demonstrou ao longo dos anos que não consegue garantir um “preço justo do leite” capaz de cobrir os custos de produção.

"Foram este tipo de burocracias e regras excessivas que levaram os agricultores para a rua, precisamente desde o dia 1 de fevereiro, a exigir a simplificação das regras da PAC. A APROLEP considera que estas exigências relativas ao ano de 2023 estão fora de prazo e devem ser revogadas. Aguardamos uma resposta urgente por parte da DGAV e do Ministério da Agricultura e admitimos ponderar todas as formas de luta para que os agricultores e produtores de leite sejam tratados com respeito", finaliza a associação.

REVISTAS

FNA24EvolyaOlival 2024

NEWSLETTERS

  • Newsletter Agriterra

    17/04/2024

  • Newsletter Agriterra

    10/04/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial