Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.
Informação profissional para a agricultura portuguesa
Na Região Vitivinícola Alentejana a colheita já arrancou

Vindimas: Alentejo prevê um aumento de 5% a 10% na produção

13/09/2023

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) acaba de anunciar o início das vindimas na região, com as estimativas a apontar para um crescimento entre 5% e 10% em comparação com a campanha do ano anterior. Aquela que é uma das maiores regiões vitivinícolas do país prevê que, resultado desta colheita, se produzam entre 112 e 118 milhões de litros de vinho.

Imagen

Este ano a campanha começou mais cedo, em Serpa, com a colheita de uvas para produção de vinho rosé e, logo de seguida, a vindima das castas brancas. A perspetiva é que, até meados de agosto, cerca de 25% dos produtores alentejanos tenham uvas nas adegas e, até ao final do mês de setembro, espera-se que os mais de 23 mil hectares de vinha da região estejam vindimados.

“As uvas colhidas são o que se refletirá em mais um ano de qualidade garantida, o que – considerando que estamos a crescer no estrangeiro, 8% em volume e em valor –, é sinal que continuaremos a oferecer ao mercado a excelência já reconhecida de todas as regiões e sub-regiões alentejanas”, afirma Francisco Mateus, presidente da CVRA.

A estimativa agora apresentada resulta de um estudo da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto para a CVRA e do contacto continuado da Comissão Vitivinícola com os produtores da sua região.

Recorde-se que, em 2022, a região vitivinícola alentejana colheu cerca de 150 mil toneladas de uva, que resultaram em mais de 107 milhões de litros de vinho produzido.

REVISTAS

Exployo Vit

NEWSLETTERS

  • Newsletter Agriterra

    17/07/2024

  • Newsletter Agriterra

    10/07/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial