Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.
Informação profissional para a agricultura portuguesa

ESAC e município de Mortágua promovem ação de controlo de invasoras

23/11/2022

No próximo dia 25 de novembro, a Escola Superior Agrária do Politécnico de Coimbra (ESAC-IPC) e o município de Mortágua promovem uma ação de controlo de invasoras na área plantada com espécies autóctones, em Mortágua.

foto

A ação tem início às 9h00, é realizada no âmbito do projeto F4F - Forest For Future, liderado pelo SerQ - Centro de Inovação e Competências da Floresta e conta com a colaboração da ADICES - Associação de Desenvolvimento Local e da Universidade de Aveiro.

O controlo das espécies invasoras será levado a cabo na Área Florestal de Mortágua, sob a gestão da Câmara Municipal de Mortágua (junto ao Ecocentro), onde foram plantados carvalhos, sobreiros e medronheiros.

A organização desta ação, destinada ao público em geral e a estudantes em particular, é da responsabilidade da professora da ESAC-IPC, Filomena Gomes.

A participação é gratuita, mas as vagas limitadas e sujeitas a inscrição aqui, até ao dia 24 de novembro.

Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.Agrogarante - Sociedade de Garantia Mútua, S.A.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial