Informação profissional para a agricultura portuguesa

Gestão de fogos rurais com investimentos superiores a 615 milhões de euros até 2025

12/07/2022
foto
ICNF desenvolveu ou apoiou ações de gestão de combustível em 85.000 hectares.
O Governo português, através do Ministério do Ambiente e d Ação Climática, acaba de comunicar que, desde 2018, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas desenvolveu ou apoiou ações de gestão de combustível em cerca de 85.000 hectares, incluindo rede primária, mosaicos de gestão de combustível, fogo controlado e queimadas, silvopastorícia, projetos-piloto em áreas protegidas ou nos agrupamentos de baldios, trabalhos imprescindíveis à prevenção de incêndios rurais.

Segundo informações disponibilizadas pelo ministério hoje já são mais de 250 mil hectares onde foi feita a A gestão de combustível desenvolvida por todas as entidades envolvidas no sistema de gestão integrada de fogos rurais, em que se incluem os municípios. Em termos de rede viária florestal foram construídos ou beneficiados perto de 8.000 quilómetros.

O Ministério revela que houve um aumento de 865 elementos, entre assistentes operacionais e especialistas do ICNF, vigilantes da natureza, sapadores florestais ou técnicos florestais dos municípios e comunidades intermunicipais.

Os investimentos em equipas e brigadas de sapadores florestais e em gabinetes técnicos florestais ultrapassa os 20 milhões de euros por ano.

Foi também dada prioridade ao investimento em maquinaria, destacando-se a aquisição de 124 tratores e máquinas para trabalhos de prevenção e/ou de apoio ao combate, num investimento de global que já ascende aos 22,5 milhões de euros.

O ICNF opera atualmente 32 máquinas e três camiões de transporte. Com a operacionalização das máquinas relativas ao ano de 2022, o ICNF passará a operar mais 18 máquinas e dará continuidade à cedência de máquinas às organizações de produtores florestais ou aos resineiros, parceiros fundamentais na prossecução dos objetivos de prevenção nos territórios florestais.

Foram ainda efetuados outros investimentos, designadamente, em termos da Componente 8 e da Componente 12 do Plano de Recuperação e Resiliência são superiores a 415 milhões de euros e envolvem o desenvolvimento das medidas programáticas do programa de transformação da paisagem, a execução da rede primária de faixas de gestão de combustível, o reforço da atuação das Organizações de Produtores Florestais, a beneficiação de povoamentos de pinheiro bravo com potencial para a resinagem ou o programa “Resineiros Vigilantes”.

A prevenção envolve investimentos suplementares na gestão florestal em áreas públicas e comunitárias submetidas ao regime florestal, que serão na ordem dos 30 milhões de euros até 2025.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial