Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.
Informação profissional para a agricultura portuguesa

LCN – Cooperativa dos Lavradores do Centro e Norte quer avaliar notoriedade das regiões nacionais produtoras de amêndoa

21/06/2021

A LCN – Cooperativa dos Lavradores do Centro e Norte pretende aferir, junto dos consumidores, a notoriedade das atuais regiões produtoras de amêndoa. Para isso convida todos os interessados a responder a um breve inquérito sobre o consumo de amêndoa. Para responder aceda através deste link

foto

A produção de amêndoa tem vindo a consolidar-se na fileira dos frutos de casca rija em Portugal. O País tradicionalmente sempre esteve ligado à produção da amêndoa. A crescente produtividade e o consequente valor que representa nas importações e exportações já acrescentam uma significativa importância socioeconómica nacional.

Atualmente são várias as regiões de produção de amêndoa em Portugal. Por isso, a LCN-Cooperativa dos Lavradores do Centro e Norte pretende aferir, junto dos consumidores, a notoriedade destas regiões produtoras de amêndoa. Para tal lançou um breve inquérito sobre o consumo de amêndoa.

Agrogarante - Sociedade de Garantia Mútua, S.A.Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial