Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.
Informação profissional para a agricultura portuguesa

Clima: como a edição genética pode aumentar a resiliência das culturas?

CiB - Centro de Informação de Biotecnologia21/01/2022
A edição de genes pode ajudar a agricultura a ser mais resiliente às alterações climáticas. Conheça cinco maneiras de o conseguir.
foto

As alterações climáticas ameaçam gravemente os sistemas agrícolas, a segurança alimentar e a nutrição humana. Os seus efeitos já se fazem sentir e irão piorar, como garante um estudo publicado em setembro de 2021 no jornal Frontiers in Sustainable Food Systems.

Cientistas e indústria unem esforços para desenvolver tecnologias inovadoras que permitem mitigar os efeitos adversos das alterações climáticas na agricultura. É o caso das tecnologias de edição genética.

Permitindo fazer modificações nos genomas dos organismos com uma alta precisão, a edição de genes pode ajudar as culturas agrícolas a ser mais resilientes às alterações climáticas.

A Cornell Alliance For Science dá cinco exemplos que passam pelo desenvolvimento de plantas resistentes à seca, a doenças e a herbicidas, e tolerantes à salinidade do solo.

Saiba mais aqui.

Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.Agrogarante - Sociedade de Garantia Mútua, S.A.Anefa: ExpoforestalCnema 04-12/06Syngenta Crop Protection, Lda.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial