Filsa: controladores de nivel para sólidos y líquidos

Cortiça: setor resiste à pandemia

Redação Agriterra19/02/2021

A Associação Portuguesa da Cortiça (APCOR) lançou um inquérito aos seus associados para avaliar o impacto da Covid-19 no setor, aquando do primeiro confinamento, e as conclusões mostram a resiliência da fileira.

foto
Foto: APCOR.

Segundo o estudo, 95,6% das empresas nacionais continuaram a laborar (67,7% a ritmo normal, durante e após o estado de emergência) e apenas três encerraram, com 12,2% a confirmarem dificuldades após a retoma de atividade.

Nos indicadores apurados, também se verificou que 84,6% das empresas continuou a funcionar com todos os seus colaboradores.

Mais de 93% dos associados refere que a pandemia afetou o negócio, com cerca de 13% das empresas a declarar um impacto negativo superior a 50%.

Quase 46% das empresas responderam não ter tido necessidade de recorrer a nenhuma medida governamental de apoio às empresas, mas entre as mais solicitadas encontram-se as moratórias de crédito e juros, a linha de crédito às empresas e o layoff simplificado.

VI Colóquio Nacional de produção pequenos frutos 21 - 22 maio 2021 onlineAgroglobal setembro 2021Jaba: tradução 4.0

Subscrever a nossa Newsletter

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

agriterra.pt

Agriterra - Informação para o agricultor de Portugal

Estatuto Editorial